segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Ocidentalização

Introdução: É uma cirurgia plástica realizada nas pálpebras superiores de orientais e descendentes com o intuito de formar uma dobrinha (sulco palpebral) nesta região que é característica dos ocidentais e que por motivos anatômicos inerentes à raça não existe ou é muito tênue nos orientais.

Cirurgia/Cicatrizes: Existem várias técnicas para sua realização, sendo uma das mais utilizadas a que se assemelha a uma cirurgia de pálpebras. É feita uma incisão na região onde se formará o novo sulco, retira-se a sobra de pele e as bolsas de gordura se houver necessidade, confecciona-se o novo sulco (ocidentalização) através de pontos delicados entre a pele e as estruturas mais profundas das pálpebras. As cicatrizes são imperceptíveis.

Anestesia: A cirurgia é realizada com anestesia local e sedação com alta poucas horas após o procedimento.

Pós-operatório: Geralmente não é necessário medicação para dor. Devem ser feitas compressas com soro fisiológico gelado ou de camomila nos primeiros 3 dias. Os pontos são retirados com 3 dias e algumas manchas roxas que podem se formar desaparecem progressivamente até a segunda semana.

Nenhum comentário: